Vereadores participam de reunião na Câmara de Vereadores para tratar sobre os 60% dos recursos oriundos de processos judiciais relativos ao Fundo de Manutenção

por adm publicado 02/10/2019 09h25, última modificação 02/10/2019 09h25
Prefeito garantiu que na próxima semana enviará Projeto de Lei para a Câmara, garantindo o rateio de 60% dos precatórios entre os professores salgueirenses. O Presidente George Arraes garante que a tramitação da matéria será rápida e ainda acredita que o PL terá aprovação por unanimidade.

Foi realizada na noite da última terça-feira (01), no Plenário da Câmara de Vereadores de Salgueiro, uma reunião com o prefeito Clebel Cordeiro, o presidente da Câmara de Vereadores, George Arraes, os vereadores, Erivaldo Pereira, Flávio Barros, Professor Hercílio, Zé Carlos, Paizinha Patriota, Auremar Carvalho, Antônio Pires, Augusto Matias, Eliane Alves, Bruno Marreca e Veronaldo Gonçalves, Edvane Teixeira, Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (SIMSESAL), e os professores da rede municipal, para tratar sobre os 60% dos recursos oriundos de processos judiciais relativos ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef/ Fundeb). Edvane Teixeira agradeceu o apoio que vem recebendo do prefeito Clebel Cordeiro e cobrou o envio do projeto. “Desde o início o prefeito Clebel nunca disse que o dinheiro não seria nosso. Agora ele precisava de legalidade, depois da fala do Tribunal de Contas da União. Quero agradecer como professora deste município e como representante da categoria de professores. Clebel anunciou em audiência, realizada no sábado passado, que vai enviar um projeto para a Câmara de Vereadores e, precisamos sair daqui com a data de quando esse Projeto virá para cá”, disse.

“Eu me sinto muito a vontade nesse assunto, quando falo dos 60% para os professores. Em momento algum isso me preocupa. O que me preocupa é essa liberação do dinheiro chegar aqui em Salgueiro, os 60% destinado aos professores serão gastos aqui no nosso município, então, eu brigo e zelo por isso. Esse dinheiro não é da nação é do município de Salgueiro, esse dinheiro é dos professores. Tinha alguns professores que não queria que o dinheiro saísse na minha gestão, mas, independente de zebra e de leão, esse dinheiro tem que ser entregue o mais rápido possível. R$ 5 bilhões para Salgueiro, com o aperreio que eu venho passando, com as escolas que tenho que reformar, vai me ajudar e muito. Esse dinheiro será para dar qualidade de vida aos nossos alunos. Na próxima semana o projeto estará aqui na Câmara”, garantiu Clebel Cordeiro.

O Presidente George Arraes explicou aos professores o tramete do Projeto quando chegar à Câmara e tem a certeza que será aprovado. “Nós resta esperar que o Projeto chegue a esta Casa, que será encaminhado pelo Poder Executivo. O Projeto passará pelas Comissões e pelo nosso jurídico para ver se é constitucional. E, não tenho dúvidas que a maioria, se não todos os vereadores irão aprovar esse Projeto, aí volta para o prefeito ser sancionado. Muitas vezes tanto o Poder Executivo quanto o Poder Legislativo queremos tomar algumas decisões e esbarra nas recomendações do Ministério Público. Parabenizo o prefeito pela iniciativa de mandar o Projeto para Câmara, e os professores podem ficar tranquilo que conta com o apoio da Câmara de Vereadores”, destacou.

Assessoria de Comunicação

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.